sexta-feira, 9 de maio de 2014

Bolo de whey

Não estou bitolada em emagrecer, não virei uma FitBlog, não sou metida a nutricionista e nem tenho jeito pra isso, também não estou na onda do momento que é mostrar pratos de comida.
Blog é feito pra compartilhar pontos de vista do autor, dar dicas de viagens, dicas de dicas, contar coisas legais, interessantes, bonitinhas... compartilhar.
Minha irmã é nutricionista e ultimamente vem fazendo receitinhas bem legais, e uma delas foi publicada na revista SuplementAção desse mês, fiz e gostei por isso acho que vale a pena compartilhar.
Estou numa fase light, diet, mega blaster tentando ser saudável, mas essa receitinha super saudável acho que vale ser feita tanto pela praticidade quanto pelo sabor delicinha que ficou.
Sr. meu marido que não gosta de coisas muito anormais, amou!!! Vale a pena.
É um bolo de banana de micro-ondas que ao invés de farinha é colocado whey de baunilha.
Ual!
Sabor diferente muito bom!!! Eu que não sou chef fiz e deu certo!


Bolo de whey protein de micro-ondas

Ingredientes:
1 clara ou 30g de clara pasteurizada
1 colher (sopa) de aveia em farelo
2 colheres (sopa) de whey protein sabor baunilha
1 banana prata
1 colher (café) rasa de fermento em pó

Modo de preparo:
Amasse a banana e junte com os demais ingredientes, mexendo bem. Em seguida leve ao microondas por 3 minutos e pronto! Eu não decorei, mas desinformei e ficou assim.

Valor nutricional:
Calorias: 220,7kcal
Carboidratos: 35,3g
Lipídeos: 2,0g
Proteínas: 17,2g







quarta-feira, 9 de abril de 2014

Que saudades de um abadá

Aquela camiseta colorida que se transforma em uniforme em dia de micareta, aquela música alegre, contagiante que arrepia só de relembrar....
Aquela energia que invade nosso corpo, energia boa, apaixonante!!!
Desde muito novinha gostei de axé, mas não é axé "É o tchan" é axé de música de micareta!!! Chiclete com banana, Asa de Águia, Banda Eva, Ivete Sangalo, Tomate, A Zorra......
Música de micareta, quem conhece sabe o que eu estou falando....

Aquele carnaval fora de época, com música animada, gente feliz, cerveja gelada, esquenta no estacionamento, customização de abadá dentro do carro, carteirinha de estudante mais picareta que nota de três reais, gente correndo, pulando, dançando, brincando, voltando a ser criança, fila quilométrica no banheiro, dinheiro amassado no bolso, tênis sujo de barro, e calor, muito calor!

E de repente lá de cima do trio elétrico um senhor de barba, cabelos cacheados e bandana começa a falar " Dê um grito aíiii.. faz a festa pra valer..."  e uma multidão de gente jovem de espirito sai correndo atrás do caminhão, pula, canta, grita e diz que valeu!!!!
Ao som de Bell Marques ou quase um Chiclete com Banana.. a noite só está começando!

Uma música que eu sei a letra, uma música com uma harmonia gostosa,  uma música animada!!!! Alegria!!!!

Amigos queridos fazendo companhia, amigos da vida, amigos do passado, presente e futuro (valeu trup!) até o mais desanimado se empolgou e levou o troféu revelação da noite!!! Marido estava muito empolgado, contagiou a todos!!!

E como toda festa tinha casais se conhecendo pela primeira vez, casais de namorados, casais casados, casais de meninas, casais de meninos, meninas de salto alto na terra, muita gente se divertindo, berrando a música que ouviu a semana toda no fone de ouvido só por que sábado ia ter uma
MI CA RE TA!!!

Uma volta, duas voltas, três voltas atrás do trio, a voz começa a sumir, mas mesmo assim gritamos, a energia é tão boa que não dá vontade de ir embora pra casa, o joelho dói, a panturrilha queima, a canseira domina, mas ir embora pra que!!!!!! Ainda têm mais um trio para começar!!!

Dobradinha na micareta é muito bom, quando você acha que a festa está acabando entra um menino serelepe, agitado, sem fim, parece que ele vive a vida em cima de um pogobol e canta, canta, canta, o apelido era pelo cabelo vermelho cor de Tomate, mas agora está preto ao natural.
Duas, três horas de show, três, quatro voltas no circuito e ele lá sem fim, incansável, contagiando toda aquela multidão que no momento já se encontra sentada naquele chão limpooo, mas todos com um sorriso no rosto.

Um pedacinho da Bahia dentro de cada pessoa, um pouquinho de Dodô e Osmar  no meio do Brasil, um pouquinho de festa, um pouco de curtição de final de semana. Não tem essa que "somos casados" e não podemos nos divertir, penso diferente  "ainda não temos filhos pequenos então bora correr e curtir o final de semana em grande estilo!"

Curtir a vida, dar risada, relembrar a época de início de namoro, voltar a ter vinte anos, cantar aquelas músicas antigas como se ninguém tivesse te olhando, nada como juntar uma graninha e ir ao show da sua banda favorita, fazer realmente o que você gosta, o que realmente te deixa feliz, se divertir com os amigos, tomar umas a mais, subir no ombro do marido, tirar foto mostrando a língua, brincar de pega pega, entrar de pirata na foto dos desconhecidos, viver!! Viver e viver!!!

Tudoo bem que foram 3h pra ir e 3h pra voltar, uma estradinha cansativa na ida. Massss a formiga para a festa era tanta que a hora voou, porém na hora de voltar foi aquela demora, dor de cabeça, de perna, sem voz, de ressaca e a vontade de simplesmente deitar na minha cama...
..... mas eu digo: VALEU!

Chegando na cidade ainda rolou visitinha ao bar turístico da cidade o tal do Pinguim, com direito a chopp gelado e muita risada!

Iria de novo, mais um pouco e todos os finais de semana, porém achei que aguentaria dois dias seguidos de festa, ainda bem  que a técnica de ir só no segundo dia deu certo, aproveitamos muito e não esquecemos que já estamos beirando os "inta".....

Carnabeirão 2015 nos aguarde!!!!


Simplesmente assim!










quarta-feira, 2 de abril de 2014

O que a Maria está fazendo pela Maria?

Esses dias estava pensando, o que a Ana faz pela Ana...
Morro de vontade de ter um corpo esculpido, ser magra e torneada, colocar silicone, ter unhas impecáveis, cabelos maravilhosos e blá blá blá
Acho que toda mulher tem suas vontades.... mas iai o que elas fazem para essas vontades tornarem realidade?
O que eu Ana faço por mim Ana, para que os meus sonhos se tornem realidade???
  
Algumas coisas eu já estou fazendo há algum tempo e percebi que não é sacrifício nenhum fazer algo por mim. Isso mesmo por mim, pois se eu não fizer nada por mim ninguém, ninguém no mundo fará.
Como eu quero ser magra, linda e torneada se não faço academia, e nem como direito??

Ok!!! Eu Ana faço isso por mim!!

Há um ano comecei a treinar diariamente, faço academia, uma média de 1h30 por dia 4x por semana...
Os resultados começaram a aparecer.. mas de uns meses pra cá estagnei e percebi que podia fazer muito mais por mim e fiz.
Hoje minha rotina é bem diferente:
Acordo 6h45 da manhã e corro 3km em jejum, todos os dias, sete vezes por semana, sozinha, quieta, no meu ritmo, do meu jeito, com as roupas que eu quero, ouvindo ou não a musica que eu gosto, estou adorando...
2x por semana estou fazendo 1 hora de pilates, na primeira aula percebi que eu parecia uma retardada fazendo (rs) sem coordenação nenhuma com meu corpo, sem equilíbrio, sem alongamento e sem controle nenhum com o meu corpo, fiquei chocada. Me dediquei, passei dias com dor no corpo, mas estou me superando, alguns simples alongamentos já estão surtindo efeito, já estou simplesmente sentando melhor na cadeira...
3x por semana faço 30 minutos de Combat adoro, queima, pega... mas eu sei que posso fazer melhor, e caprichar mais... consegui.
2x por semana faço musculação.... não amo, mas sei que preciso...
Misturei  tudo 5 dias na semana a noite e estou dando conta... eu percebi que podia mais... e consegui!

Não é sacrifício nenhum acordar meia hora mais cedo para correr, você se acostuma, seu corpo pede, fica automático, por que você não pode pensar muito, despertador tocou, saia correndo, não cochile mais cinco minutinhos, com certeza você vai perder hora.
A melhor parte é você colocar aquele shorts que não servia mais, fechar aquela blusinha que era apertada, ver sua perna torneando, a cinturinha diminuindo.. isso não tem preço!
Não precisa ninguém falar  “nossa como você ta magraaaa!!”, mas só de entrar naquele shorts.... já vale todo o esforço.
Tem anos que não como Mc Donalds, e não acho recompensa nenhuma comer um durante o fds.. fui parando as poucos, comia e passava mal... hoje em dia não vejo a menor graça, e sei que meu futuro agradece.

Unhas? É um problemaaaa na minha vida, sou estabanada e meu esmalte não para na mão, mas semanalmente faço minha parte (eu não a Leia minha fadinha), eu tento!
Cabelo?Como lavo todos os dias... tem que hidratar muito... moorro de preguiça, mas temos que fazer isso....

E ai vai todos os cuidados bla bla bla, não adianta ficar reclamando e não fazer nada por você, não adianta se achar a gorda e continuar se empanturrando de coisas, tem que saber dizer não, fazer trocas saudáveis, comer no horário certo.. ocupar a cabeça.....

E não vem me dizer também que está feliz desse jeito, por que quem está feliz não reclama!

Leia um bom livro as vezes, não fique vendo blogs com meninas maravilhosas e se achando feia... as maravilhosas se cuidam ou fazem photoshop.... o importante é fazer o que te faz feliz!

Com o tempo não correr de manhã vai pesar minha consciência, assim como faltar da academia já pesa faz tempo, com o tempo não será sacrifício, será rotina... e a rotina só entra em nossas vidas se nós quisermos que ela entre....

Comprar uma bolsa nova, um sapato novo de vez quando anima qualquer mulher.. ver vitrine... comer uma colherada de brigadeiro (as vezes!), fazer uma boa escova e se sentir linda...pequenos detalhes que não fazem  mal a ninguém... massss que nos deixam com um belo sorriso no rosto!!!!



E você Maria? Está fazendo o que por você?

quarta-feira, 26 de março de 2014

Uma pitada de tempero

Já dizia nosso velho amigo dicionário que tempero é o nome que se dá ao condimento cuja a função é realçar o gosto do prato.

Como tudo o que é demais enjoa e tudo que é de menos deixa a desejar com o tempero não podia ser diferente. Muita açúcar vira melado e muito sal fica literalmente salgado.

Não só nas deliciosas comidas do dia a dia ou também naquela ocasião especial, mas em todas as situações vividas diariamente,tudo precisa estar na medida certa e com uma pitada de tempero.

Muita açúcar engorda, pouca açúcar faz falta, muito sal vira hipertensão e pouco sal fica "incomível".

A vida é assim.

Cheia de altos e baixos, cheia de momentos alegres embolados com os tristes, cheia de sorrisos e lágrimas, cheia de paz e de ternura, mas também cheia de caras fechadas e abraços vazios. Um dia estamos cheios de amigos e outro dia vivemos na solidão. Tem domingo que rimos a beça e queremos que ele nunca chegue ao fim, mas tem domingo que dormimos o dia todo para logo chegar a temida segunda-feira.

Trabalho demais cansa, férias demais enjoa, trabalho demais enriquece, trabalho de menos empobrece.
Muito sol queima, pouca sol ficamos com cor de nata. Dieta meia boca.. corpo meia boca...... dieta impecável.... corpo capa de revista sem photoshop.

Enfim tudo na vida tem seu ponto certo, sua medida correta para se obter sucesso.
Estou num momento sem açúcar e a única coisa que vejo na minha frente é uma panela de brigadeiro quente, se estivesse em uma fase sem sal com certeza ia querer torta, massa pão....

Estou numa fase sem alcool, sem coca-cola, sem guloseimas e literalmente sem tempero.. não é fácil.. mas somos feitos de fases...

Relaxa.

Não sou eu e não é você. O ser humano é assim, quando não pode, quer. Quando pode tudo não quer nada, é de nossa natureza, agora basta nós escolhermos em que momento querermos estar para depois não ficarmos choramingando a calça que não serve, o vestido que ficou apertado ou o folego que não se tem mais.

Quem tem cachos faz chapinha.... quem tem cabelo lambido faz baby liss, não sou eu... não é você... somos todos iguais. Ninguém tá feliz com nada...e todo mundo quer ser diferente do que já é.

Complicado né???

Procure sua medida exata e seu tempero certo.
Descubra seu equilíbrio, procure o seu tempero que está faltando.... não suba muito na balança.... mas também não se esqueça dela... olhe para o espelho quando estiver se sentindo bem... uma "dosezinha" diária de açúcar não faz mal a ninguém.. mas ficar sem ela lhe renderá sorrisos amarelos....

E não se esqueça que tudo tem sua medida certa.

É simplesmente assim....











quinta-feira, 20 de março de 2014

Ler um livro ou assistir um filme?

Essa é uma pergunta que eu sempre me faço.
Adoro ler, sou apaixonada por leitura desde menina, não é a toa que me formei em jornalismo. Sempre fui a nerdezinha da turma e sempre li muito.
Em 2003 comecei a trabalhar no shopping da minha cidade, era uma loja pequena, de roupas infantil e que ficava num cantinho escondido da praça de compras, ou seja eu ficava sozinha quase que o tempo todo, entrava as 10h ou seja as 12h a loja já estava limpa, o que eu fazia até as 18h quando não atendia nenhum cliente?
Eu lia! Isso mesmo eu só lia....li mais 30 livros em um ano.... e a loja? Fechou! Realmente não tinha movimento... nessa época eu estava no primeiro ano da faculdade e o hábito pela leitura foi me dominando.
Eu adoro ler e me empolgar com as coisas que fico imaginando, fico sonhando com os rostos dos personagens, com as roupas, com as cenas e diálogos, entro no livro literalmente e me imagino como uma personagem, vivendo com eles, é muito mágico, sem contar que aprendi a falar corretamente, escrever melhor ainda e de quebra tenho muita facilidade para achar erros de português. Hoje todo mundo me pede para dar uma corrigida aqui... outra ali... eu adoro... é como se fosse um desafio, sempre que pego um jornal da cidade pra ler meu desafio é achar um errinho de português ou digitação, e enquanto eu não acho não sossego....

Um dos livros que marcaram minha infância foi o clássico O pequeno príncipe que infelizmente emprestei e não voltou mais. Outro que gostei muito foi O girassol na janela, e depois desse muitos outros vieram.

Até hoje de todos que eu já li tenho dois que são os mais favoritos do mundo, os melhores de todos. Aquele que sempre vou indicar, um deles é Marley e Eu que conta a história de um labrador bagunceiro e amável e o outro é o Império Disney, que conta toda a história e trajetória de Walt e a construção da Disney World parque por parte, esse livro é fantástico e mágico, fala de sonhos, de vida de planos, de como fracassar e se reerguer, além da relação de amizade que os irmãos precisam ter, é fantástico.




Sempre que leio um livro me interesso pelo filme, como seria um filme de tal livro.. e tal livro como ficaria, quando li Estação Carandiru e logo em seguida assisti o filme percebi que no livro tinha muito mais detalhes importantíssimos do que no filme, que morreu muitoooooo mais gente do que realmente saiu na mídia e no filme, mas essa é uma observação minha que li ou de todo brasileiro?
E o mesmo desencanto aconteceu lendo e assistindo Cidade de Deus, Marley e Eu.
Eu me decepcionei tanto com o filme do cão Marley, com a falta de detalhes, com a falta de sentimento que prometi pra mim mesma em sempre optar pelo livro ao invés do filme, sinceramente parece outra história, tinha outra percepção.

Mas.....

Esse fds marido viajou para fazer um curso, eu fui para casa dos meus pais e lá passei uns dias, um pouco perdida e sem o que fazer um fds inteiro resolvi ler, comecei domingo umas 9h, parei para almoçar e terminei o livro as 16h.. sim eu li o livro todo em uma sentadinha, li com toda a calma e curtição que há muito tempo não lia. Foi muito bom deitar, ler e relaxar, curti o livro todo, seus detalhes suas cenas importantes vivi a história com o casal... adorei.. me emocionei.

O livro se chama Para sempre, é fantástico, conta a história real de um casal que se casou há 2 meses, e sofreu um acidente de carro, onde a garota perdeu a memória dos últimos anos, ou seja toda a fase deles juntos, desde que se conheceram até o casamento sumiu da cabeça dela, evaporou....
Uma lição de vida, amei!



Resolvi ver o filme... afinal um livro tão bom.. pq não assistir na telinha?  Odiei!

O filme isoladamente é uma graça, mas se comparado a história real do livro não tem NADA a ver, a única coincidência é o acidente do casal casado e a perca de memória, só, somente isso.
E todo o resto?
Marketing e business.
É outra história, me decepcionei tanto que jamais vou ler e assistir. Ou você lê ou você assiste, por que nunca eles vão ser iguais, é outra história, outro ponto de vista, coisas distintas.

Ou você lê um livro e esquece se tem filme ou vice-versa.

Experiência própria, agora se qualquer paixão te diverte vai fundo e faça tudo, leia, assista, curta e viva... mas não se esqueça que após terminar o filme ou o livro, é  colocar os pezinhos no chão....e voltar a realidade.

Ok?


É simplesmente assim!





terça-feira, 18 de março de 2014

Fotos e mais fotos

Sempre gostei muito muito muito de foto, no entanto trabalhei 5 anos em uma loja de fotografia.
Comecei como atendente e estagiária e terminei como uma das responsáveis do tratamento digital das "fotitas" e deu certo.
Lá fiz muitas amigas, levei outras, conhecei muita gente e aprendi muita coisa.
Aprendi que ninguém é perfeito, que mulher perfeita também não existe e que a soma de photoshop e uma boa maquiagem fazem milagre sim!!!
Pessoas normais fotografadas com uma super produção ficam lindas e irreconhecíveis mas para isso uma dose correta de photoshop é preciso, sem abuso e com muita delicadeza. A foto tem que ser natural.

Na época das máquinas analógicas era obrigatoriamente necessário fazer a revelação do filme para ver a o que tinha na caixinha de surpresas. Me lembro muito bem quando era criança e meu pai  com sua máquina Olympus que fazia foto em meio quadro, ou se seja um filme de 36 poses batiam 72 fotos!
Era incrível, acho que herdei esse gosto pela imagem dele, que por sua vez herdou da sua mãe, minha avó, a sala dela é repleta de porta retratos, fotos e molduras.

Por onde íamos meu pai estava com sua maquininha pendurada e tirava aquelas fotos mais lindas e de surpresa, daí tínhamos que esperar o mês todinho para ele revelar as fotos e matar nossa curiosidade, umas vinham queimadas, outras sem foco, outras sem cor, tremidas... era uma loucura mas era uma fase boa, graças a essa fase boa de revelarmos as fotos é que hoje todos nós temos histórias, temos memórias, temos momentos que se esquecidos podem ser compartilhados.

Pra mim foto tem que estar no papel, tem que ser revelada, sem essa de mandar por email, legal pode mandar por email também, mas tem que revelar, qual a graça de toda vez ter que ligar o computador e ficar procurando aquela foto... e se o computador quebrar? Na minha época de loja já vi tantos clientes chegarem lá tristes, mudos e calados por que perderam as fotos do aniversário da tia, do cachorro, daquela viagem inesquecível....

Sabe como essa situação pode mudar? Revelando as fotinhos... simples... organiza por pastas com nome do evento e data, seleciona as melhores, umas 10 por pasta, abre outra pasta REVELAR e simplesmente revelar.

Foto tem que ter vida, tem que ser compartilhada, ok ok temos instagram, facebook, super legal adoro também, mas iai?? Tínhamos orkut também e um álbum cheeeeio de fotos nele.
Alguém lembrou de ir lá no orkut e salvar as fotos antes de eliminar a velha rede social de layout ultrapassado da sua vida. Não né??

Por essas e outras sempre revelei minhas fotos, no entanto que minhas amigas sempre quando precisam de alguma foto me pedem, me ligam e se elas tem alguma foto impressa com certeza foi por influência minha.

Tenho álbuns e álbuns e sempre adorei presentear as pessoas com porta retratos, fotos reveladas ou cartinhas com fundo. Não pratica em fotografar mas adoro, do meu jeito, no automático, sem muitas técnicas, mas isso é tão bom. Percebo que tenho história.

Quando fizemos nosso clip vida para o casamento eu tinha muito mais fotos que o Mau, organizadas em álbuns por data, por ordem cronológica, intacta, enquanto as fotos dele foi beem difícil, mas esse é um hábito, costume que tem que ser feito desde cedo.

Pensando no futuro todas as nossas fotos já estão mega organizadas, desde o comecinho do namoro até os dias de hoje, todas devidamente reveladas e organizadas.

Mas cuidado, vicia.

Mas esse é um vício bom, parece que estamos colocando nossa vida em ordem de acontecimentos, que estamos organizando nosso dia e simplesmente fazendo nossa história.

Eu que gosto de foto no papel faço questão de um bom papel para elas, moooorro de medo que com o tempo a foto perca a cor, fique avermelhada ou coisa do tipo, embora queremos qualidade queremos preço, caso contrário o filme ficará na gaveta ou seja adaptando para nossa realidade hoje as fotos ficarão no pen drive, no notebook e largadas no canto.

Já revelei minhas fotos em vários sites de revelação digital o penúltimo deles foi o Revelaweb o site é muito bom super prático, a qualidade também é bacana mas a entrega deixou a desejar, enrolamos a vidaaaa para escolher as fotos e mandar revelar, mas quando mandamos queremos para ontem, esse site demorou bastante, reclamei e recebi dobradinha.

Mas o prêmio de favorito vai para o Fotolegal que apesar de ter uma suuuuper qualidade chegou em 7 dias após o envio completo! Uma semaninha e já estava na mão.
O site é super pratico, você vai enviando as fotos aos poucos sem pressa e depois é só concluir.
De quebra você ainda revela em papel fosco e com borda sem custo adicional pelo serviço.
Eu adorei e indico, e o melhor ainda é que esse site sempre esta em promo no Groupon.

Essa semana revelei as fotos do casamento de quase 3 mil cliques consegui escolher 500 e revelei, esse álbum vai passar de mão e mão. Agora  a lua de mel e o trash estão quase, falta pouco, tudo ficando organizando e nossa história finalmente ficando para a história.

Simplesmente assim!